Startups brasileiras: tem MUITO case de sucesso aqui

 

Bom, parece meio óbvio que nós temos que falar de Startups brasileiras. Nós não seríamos a Associação Brasileira de Startups (Abstartups) à toa.

Por aqui, você costuma ver dicas, alguns conceitos e textos para o empreendedor que está começando sua vida nesse ramo. 

Nesse material, porém, a história vai ser um pouco diferente. O modo de falar e o nosso público vai ser o mesmo. Porém, o conteúdo, talvez, você não esteja acostumado.

(Porque, cá entre nós, é sempre bom mudar, não?)

A Abstartups é, orgulhosamente, brasileira. Então, nada melhor que mostrar um pouco do que acontece país afora. E, acredite: tem MUITA coisa bacana acontecendo.

Startups brasileiras: Panorama geral

De acordo com a nosso lindo e maravilhoso StartupBase, no dia 04 de setembro, existiam 12.722 startups no Brasil. Sim, um número impressionante por si só. 

E eu sugiro que você clique no link do parágrafo anterior: esse número aumenta a cada instante.

Mas não é só isso, como diriam os vendedores. Esse número fica ainda mais relevante. Quer ver?

O número é duas vezes maior que o registrado no final de 2017. Ou seja: em um ano e meio, a quantidade de startups brasileiras mais do que dobrou. 

Isso enche a Abstartups de orgulho. Nosso trabalho é o de fomentar a cultura startup por aqui. E, claramente, está dando certo.

Você, que gosta de números e curiosidades, deleite-se com mais duas.

Ao todo, 591 cidades brasileiras possuem ao menos uma startup. Supondo que o Brasil tem 5570 municípios, mais de 10,5% de cada localidade possui ao menos uma empresa de tecnologia nascente.

Outro dado interessante: o Brasil já tem, ao todo, 75 comunidades de startup. Ou seja: um número grande de locais já é conhecido por ser um polo de inovação e empreendedorismo.

Não é só o Vale do Silício. Porque nós também temos nossos locais onde se respira novidade e tecnologia. 

E como as startups brasileiras estão em relação ao mundo?

Um dado do portal Get2Growth deixa claro o quanto o Brasil, embora caminhe de maneira cada vez mais rápida e segura, precisa se adaptar ao mundo das startups

Em 2014, o portal afirmou que existiam cerca de 472 milhões de empreendedores no planeta. Pois é. 

Apenas para fazer a comparação: se fosse um país, esse número representaria o terceiro maior país da Terra – atrás, apenas, de China e Índia.

Mais do que isso: a pesquisa indicou que, por ano, são abertas cerca de 100 milhões de startups ao redor do globo.

É claro que a pesquisa não é das mais recentes, mas tudo leva a crer que esses números apenas cresceram de lá para cá.

Pegando as 12.699 startups brasileiras que falamos no começo do texto, esse número representa 0,00269% das startups da Terra. E, lembrando: os dados das startups globais é de 2014. Portanto, o percentual deve ser ainda menor hoje em dia.

Você pode ajudar esse número a crescer, sempre com a ajuda da Abstartups. E esse é o nosso papel e estamos aqui pra isso.

E quais dessas deram certo?

Um dos mantras do mercado corporativo é comparar resultados quali e quanti. Ou seja: quantitativo e qualitativo. 

Como você deve imaginar, dessas quase 500 milhões de startups que existiam no planeta em 2014 (e devem existir mais nesse momento), nem todas deram certo.

As que deram certo, porém, foram capazes de revolucionar o planeta. E não. Não estamos exagerando. 

Com certeza você já ouvir falar das startups mais conhecidas do planeta, brasileiras ou não. Por estarem intimamente ligadas à tecnologia, elas inovam como poucas instituições no mundo. E o mundo sempre precisa de inovação. Lovo, voi lá!

Tem dúvida se conhece ou não alguns cases de sucesso quando falamos de startup? Nada melhor, então, que dar alguns exemplos: 

Xiaomi

Sim, a fabricante de celulares é considerada um startup. 

De acordo com o Wall Street Journal, importante jornal de Economia dos EUA, o faturamento da empresa é de cerca de US$ 46 bilhões.

A empresa ficou conhecida por produzir celulares com um custo benefício impressionante. 

Uber

Você se lembra como ia de um lugar para o outro antes da invenção desse aplicativo?

Muita gente não se lembra, de fato. É inacreditável o quanto a empresa mudou o jeito de se locomover. O sucesso pode se refletir no faturamento: US$ 41,2 milhões.

Além disso, vale destacar: o Brasil é o segundo maior mercado da Uber, atrás apenas dos EUA – país de origem do aplicativo. 

Airbnb

Mais uma startup que você já deve ter ouvido falar e, muito provavelmente, também deve ter usado. Não só você: o app é avaliado em U$ 25,1 bilhões. 

Outro número que chama atenção na startup fundada em 2008 é a quantidade de investimento que ela já recebeu: R$ 1,8 bilhão.

Você não esperava que alugar imóveis para viajar era um negócio tão lucrativo, suponho. Quando fizer isso, inclusive, você também pode se lembrar da gente…

 

Nós, acima, listamos algumas startups que são reconhecidas mundialmente e surgidas mundo afora. Nem uma delas, por sinal, brasileiro. Não à toa

Deixamos para falar de alguns cases de startups brasileiras em separado. Por aqui também temos muito sucesso. Quer ver?

99

Bem como a Uber, o aplicativo tem em sua gênese a locomoção por meio de motoristas. E, mesmo com um concorrente tão forte, ele fez sucesso. E não foi pouco. 

Prova disso é a compra do app. Efetuada no começo de 2018, a transação fez com que a plataforma alcançasse a marca de US$ 1 bilhão. 

Foi a primeira startup do país a chegar nesse valor. Por sinal, esse número é muito importante. Guarde ele com carinho.

iFood

Você está no trabalho ou em casa, sozinho ou recebendo o(a) crush, amigos ou quem quer que seja. Você sabe que a fome vai chegar. Com o app, isso deixou de ser um problema.

Basta entrar na plataforma, escolher uma das opções, pedir e pagar. Nada de louça suja ou tempo gasto preparando a refeição. 

A empresa é a líder na entrega de alimentos em toda a América Latina, com presença, também, em outros três países. Sucesso é isso.

 

Nubank

Bancos são uma das principais queixas de brasileiros. E nem falamos da falta de dinheiro, mas, sim, dos serviços prestados por eles.

Um banco inteiramente digital parecia uma loucura antes de 2013. Após a fundação do Nubank, porém, os brasileiros viram que é possível. E traz um conjunto bem razoável de vantagens.

Recentemente, a empresa afirmou que abrirá filiais, também, na Argentina e no México. 

Unicórnios: quem disse que não existem?

Lá em cima nós pedimos para você guardar um valor específico: US$ 1 bilhão. Chegou a hora de falar um pouco mais disso. 

Basicamente, empresas que chegam ao valor de mercado de US$ 1 bilhão são unicórnios. Nós, inclusive, já falamos sobre isso aqui

Sobre unicórnios:

Mas… unicórnios? Algo a ver com aquele animal lendário de um chifre só? A resposta é: sim. Metaforicamente, claro. Mas tem a ver, sim

Fundadora do fundo de investimento Cowboy Ventures, Aileen Lee foi a responsável por batizar assim quem bate o valor de mercado de US$ 1 bilhão. 

Mas o motivo pelo qual ela batizou as startups com esse nome é simples.

Existe toda uma aura especial sobre unicórnios. Eles existem ou não? Você já viu? 

O que se sabe é que eles são raros. Tão raros quanto uma startup que vale US$ 1 bilhão. Voi lá!

O que isso significa?

Essa é a métrica mais famosa para verificar startups de sucesso. E, por isso, essa é uma contagem importante e que fazemos questão de esmiuçar. 

Ao todo, seis startups brasileiras são unicórnios. Além das que citamos acima, temos, também, Stone, Arco e Gympass.

No mundo, como você deve imaginar, o número é bem maior. E, até por isso, não dá pra ficar citando uma por uma. 

E, cá entre nós: o texto é sobre startups brasileiras, e nós estamos aqui para exaltá-las. 

De qualquer forma, até junho de 2019, eram 360 unicórnios na Terra. 

De novo sobre o conceito de “unicórnios”:

Dividindo o número de unicórnios pelo número de startups da Terra, encontramos um número cheio de zeros: 0.000076%

Raro feito um unicórnio, não?

Mas não é para desanimar. E você vai entender o motivo abaixo.

E isso dá uma imensa lição para qualquer empreendedor. Por mais alta que seja a amostragem, se 360 empresas conseguem um objetivo, isso passa longe de ser impossível.

Você pode ser um deles! 

Nós, mais uma vez, martelamos na mesma tecla. Você pode ter uma empresa na área de tecnologia de muito sucesso. 

Estudo, vontade, se cercar de uma boa equipe e planejamento são qualidades que qualquer profissional pode ter. 

E, a Abstartups pode garantir pra você que os empreendedores de sucesso acreditavam bastante em seus negócios, mas não sabiam direito como tocá-las nos primeiros instantes.

Certo receio é natural, acredite. É humano, inclusive. Mas você não está sozinho nessa empreitada, seja ela qual for. 

A Abstartups sabe que, ao montar a sua empresa, você, também, colabora pro crescimento do Brasil. E nós queremos apoiá-lo de uma série de maneiras. 

Aqui você terá acesso à informação, networking, mentorias, eventos e muito, mas muito mais.

Enfim, você pode ser mais uma das startups brasileiros de sucesso.  Para isso, basta confiar em si mesmo e na Abstartups. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

By |setembro 5, 2019|ABStartups|

About the Author:

Ana Flávia Carrilo
Apaixonada por escrita, comunicadora por nascença e formada em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Acredita no acesso a informação como forma de transformação social. Atualmente, faz parte da equipe de comunicação da Associação Brasileira de Startups, ajudando a desenvolver o ecossistema empreendedor brasileiro.