fbpx

+1 9093183240

contato@abstartups.com.br

O Ecossistema de startups do Centro-oeste do Brasil

Nós sabemos que é possível encontrar inovação e empreendedorismo em cada canto do Brasil e chegou a hora de falarmos sobre o ecossistema de startups da Região Centro-Oeste!

Nós já abordamos aqui o cenário de inovação no Sul, Norte e Nordeste do Brasil, e, após navegar por quase todo o território do país, chegou a hora de aterrissar no Centro-Oeste.

O ecossistema de inovação e empreendedorismo no Centro-Oeste brasileiro

Nos últimos artigos vimos que a maioria das startups está localizada nas regiões Sudeste, Sul e Nordeste, sobrando uma pequena parcela de startups no Centro-Oeste.

De acordo com o último  mapeamento de startups brasileiras, lançado pela Abstartups, no Centro-Oeste estão localizadas 5,1% das startups do Brasil. Isso não exclui o potencial de inovação da região, não é à toa que Goiás ainda aparece no top 10 estados com maior concentração de startups do Brasil, em 10º lugar.

Quando olhamos exclusivamente para esse recorte regional, identificamos que, após Goiás, que conta com 36,7% das empresas inovadoras da região, aparece o Distrito Federal (32,2%), seguido pelos estados de Mato Grosso (23,3%) e Mato Grosso do Sul (7,8%). Já as cidades com maior número de startups são Brasília (30%), Goiânia (22,2%) e Cuiabá (12,2%).

startups da região Centro-Oeste

Maturidade das startups do Centro-Oeste

A maior parte da startups dessa região do Brasil encontram-se em fase de operação 32,2%, seguido de tração (28,9%), validação (25,6%) e, por último ideação e escala (ambas com 6,7%).

Vemos um crescimento se comparado com 2021, quando as startups em fase de escala eram apenas 4,5%, e as em tração 22, 2%.

O número de startups em fase de ideação também diminuiu, o que significa que mais startups estão nascendo no Centro-Oeste, comprando um desenvolvimento da região.

Startups por segmento

Na Região Centro-Oeste encontramos uma variedade bem alta no segmento de startups, apesar de Agtechs aparecerem um pouco na frente, representando 7,8% das startups totais,  seguido pelos 6,7% do segmento de tecnologia, os demais nichos de atuação mais comuns aparecem quase empatados, conforme a imagem abaixo.

Nos próximos anos devemos ver o ecossistema brasileiro de desenvolvendo cada vez mais, então com certeza esses números não serão os mesmos, e você, o que acha que pode mudar e como as startups do Centro-Oeste vão se desenvolver?

E se você quer saber mais sobre o ecossistema brasileiro de startups não deixe de assinar nossa newsletter e nos acompanhar nas redes sociais!

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *