fbpx

+1 9093183240

contato@abstartups.com.br

O ecossistema de startups da região Norte do Brasil

O Brasil é uma nação repleta de diversidade cultural, uma miscelânea de tons, climas e sabores. Essa é uma das razões que tornam o nosso país tão singular.

Sendo assim, nós da Abstartups decidimos produzir uma série de artigos, explorando as características dos ecossistemas regionais do país. Afinal, podemos sentir mudanças indo de um estado para outro que fica logo ao lado, imagine só de uma região para outra? As mudanças são nítidas! 

Confira aqui o último artigo da série sobre as startups do nordeste do Brasil

Considerando essa perspectiva, é possível compreender que o ecossistema de startups do Brasil possui suas particularidades, moldadas pelas características de cada região. E hoje, estamos aqui para nos aprofundar em uma delas: a região norte do país.

O ecossistema de inovação e empreendedorismo na região Norte

Nesta série de artigos, já falamos sobre as regiões Sul, Sudeste e Nordeste. Locais que inclusive carregam a maior densidade de startups do país, juntos somando uma parcela de mais de 89% do número total.  

Agora, quando falamos sobre a região Norte do país, essa realidade é um pouco diferente, afinal, a região detém uma pequena parcela do número total de startups do Brasil, sendo assim, ao lado do Centro-Oeste, pode ser considerada um dos locais onde a inovação ainda está dando seus passos iniciais. 

A Abstartups produziu um estudo relacionado ao ecossistema do país em 2022, confira alguns dados fundamentais para entender este cenário:

O Norte brasileiro possui uma concentração de apenas 5% das startups do país e, dentro de seus sete estados, podemos notar uma divisão não tão igualitária da presença de startups. 

O estado do Amazonas possui maior densidade, contando com um total de 29% das startups regionais, seguido pelo Amapá (20%) e Acre (19,3%). Enquanto o estado com menos startups seria Roraima, com 3,4% do número total. 

Maturidade das startups da região Norte

Em 2021, realizamos um estudo regional em parceria com a Deloitte, onde pudemos notar que mais de 48% das startups da região Norte stavam em fase de Operação, enquanto apenas 1% dessas startups estaria escalando. Confira:

Já ao analisar os dados obtidos pelos estudos de 2022, notamos avanços importantíssimos. Confira: 

  • Em 2022, o número de startups em tração quase triplicou em relação ao que encontramos em 2021, sendo um total de 27,3%. 
  • Já ao falar das startups em fase de escala, houve um avanço notável, sendo 1,1% em 2021, e atualmente, contamos com 8%. 
  • E comprovando a ideia de que o Norte está se desenvolvendo cada vez mais, e se envolvendo também com a inovação: o número de startups em ideação duplicou em questão de um ano. Em 2021 havia 3,3% das startups nessa fase, enquanto em 2022 contamos com 6,8%. 

O que será que podemos esperar dos estudos de 2023? Já estamos curiosos!

Startups por segmento

Quando a pauta é “Segmento”, existe quase uma unanimidade em dizer que as Edtechs tomam conta da primeira posição das regiões, exceto no Norte! 

No norte, as startups Healthtechs e Life Science ficam em primeiro lugar no pódio, contando com uma densidade de 13,6% e, em seguida, podemos ver as Edtechs com 12,5% e as Greentechs com 11,4%. 

Uma das principais diferenças que podemos notar nas startups da região Norte, é que não existe uma predominância de segmento tão disparada, quanto nos demais estados, há um equilíbrio.

Mas contem para nós nos comentários, quais são suas apostas para os próximos anos? Será que o número de startups em escala irá dobrar? Queremos saber! 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *