fbpx

Startups versus Covid-19! Conheça o poder da tecnologia e saúde

Você, certamente, teve a sua vida mudada, de alguma forma, pela pandemia do coronavírus. E, assim como todos, estamos na luta. Startups versus COVID-19 é uma grande realidade.

Na realidade, as startups do segmento estão na luta não apenas contra o vírus. As empresas de tecnologia estão à disposição para boa parte de todos os males que existem.

Não precisamos nem falar o quanto saúde é importante. Basta relembrar que é isso que todo e qualquer parente sempre nos deseja. Do resto, segundo eles,  se corre atrás. 

E, bem, avanços na área da saúde passam, sempre, por dois conceitos: conhecimento e tecnologia.

O conhecimento está na parte científica e na formação de bons profissionais na área. A tecnologia faz com que tudo que é criado e estudado possa se tornar real.

(E, aqui, nem vamos cogitar a importância da tecnologia para o próprio conhecimento. Mas saiba que ela é fundamental)

Imagine o poder, então, da tecnologia na Saúde. E é sobre o impacto da tecnologia (mais precisamente, das startups) nesse segmento que falaremos aqui.

Não pense você que temos a Saúde como assunto único. Gostamos, sempre, de falar do mercado de startups como um todo. 

E, mesmo que a sua empresa pouco tenha a ver com o segmento, você pode ter belos insights aqui no portal da Abstartups.

O Blog da Abstartups está aqui para ajudar todo e qualquer empreendedor das mais diversas maneiras. Ideias, pesquisas, conteúdos, indicações. 

Passeando por aqui, você, certamente, terá tudo isso. Em nossos vários textos, garantimos a qualidade das informações. Cabe a você aproveitar tudo isso.

Mas, voltando ao tema do texto em questão: se saúde é fundamental, cabe a nós destrinchar as startups dessa área.


Elas têm nome? Qual a origem delas?

Tudo que torna-se comum costuma ganhar rótulos. No mundo das empresas de tecnologia, como você deve imaginar, não é diferente. 

Outro ponto em comum entre as startups e a vida cotidiana: os rótulos, citados no parágrafo anterior, geram nomes que obedecem regras específicas. 

As startups de Educação, que já falamos por aqui, são as Edtechs. Fruto da junção das palavras Education + Technolgy (Educação + Tecnologia, em inglês).

Empresas que trabalham no segmento financeiro também possuem uma nomenclatura pra chamar de sua. São as fintechs: Finance + Technology. Elas também já passaram pelo nosso blog.

Não precisa de muito para você imaginar, portanto, qual o nome das empresas de tecnologia da área da saúde, certo?

Se não, vamos lá. Saúde, em inglês, é Health. Logo, startups desse segmento são as Healthtechs – junção de saúde e tecnologia, ambas as palavras em inglês.

Se adivinhar o nome das startups da área da Saúde foi relativamente fácil, precisar o surgimento do segmento é tarefa bem mais complicada.

Em 2013, foi publicado um artigo na National Library of Medicine (Biblioteca Nacional de Medicina, em inglês) dos Estados Unidos que falava do crescimento das healthtechs nos últimos dez anos.

Depreende-se, portanto, que a primeira healthtech surgiu, pelo menos, em 2003. Entretanto, se já era um mercado digno de estudo, nada mais natural que pensar que, antes disso, já existiam empresas no nicho.

De qualquer forma, é possível dizer que, há pelo menos quinze anos, as healthtechs são uma realidade mais do que consolidada. E, em tempos de pandemia, elas são grandes aliadas.

É claro que todas as startups estão versus o COVID-19, mas as healthtechs estão na linha de frente, para ficar em uma expressão que tornou-se popular nesses tempos.

Exemplos de healthtechs

A área da Saúde, como você deve imaginar, engloba uma série de subdivisões, digamos assim. Nem todo mundo que trabalha no setor exerce o mesmo ofício.

Afinal de contas, nem todo mundo da área é médico. Ou enfermeiro. Ou gestor. O setor é amplo, e permite uma série de abordagens e especialidades distintas.

Você, empreendedor, já deve ter se tocado sobre o que vamos introduzir. Um setor amplo possui uma série de oportunidades. O “O” da famosa análise SWOT. 

E, sim: por mais que você conheça o segmento, você não deve, nunca, deixar de estudar, ler e se informar sobre empreendedorismo em geral. O ideal é mesclar tais conhecimentos.

Uma healthtech pode, por exemplo:

  • Auxiliar hospitais, clínicas e locais do segmento em diversas ações
  • Gestão de locais e sistemas de saúde
  • Fornecer inteligência para consultórios (mais enxutos por natureza)
  • Garantir tecnologia para atestar resultados de exames
  • Conferir suporte para quem deseja ter autoatendimento e autocuidados

Vale destacar que, acima, nós destacamos apenas algumas das atividades-fim em que uma healthtech pode atuar. 

Quer falar de algo mais específico, como nichos de atuação? A situação é basicamente a mesma: por ser uma área ampla, é difícil mapear tudo o que é possível fazer.

Mais do que isso, na realidade. Além de ampla, o setor da Saúde também tem que ser dinâmico. Novas oportunidades e nichos surgem conforme a demanda também passa a acontecer.

E, bem: esse é o segmento responsável por cuidar de vidas. Necessidades para manter uma vida, como você bem sabe, mudam a cada instante. 

Abaixo, listamos algumas das áreas da medicina em que uma healthtech pode ter:

  • Preventiva

Para verificar se alguém desenvolve uma doença crônica, por exemplo, é muito comum que se faça um exame de sangue. Com base em todos os parâmetros, é capaz de identificar males.

O futuro, cada vez mais, pede outra abordagem. Maneiras mais simples, menos evasivas, mais assertivas, mais rápidas e mais simples sempre são bem recebidas pelo mercado em geral.

E, ah! Em tempos de uma pandemia viral, com todas as startups versus COVID19, ajudar na prevenção ao coronavírus é algo socialmente desejado por todos.

  • Preditiva

No Ensino Médio, aprendemos noções de Genética dentro das nossas aulas de Biologia. Saber a predisposição de cores de olhos e doenças crônicas em bebês, para muitos, é divertido.

Healthcares podem, muito bem, ajudar na avaliação genética para avaliação de determinadas predisposições. E os médicos, é claro, ficam mais atentos.

  • Proativa

Muitos pacientes, de médicos de longa data ou de hospitais, reclamam do tratamento entre eles e os profissionais da área da Saúde. Embora isso não torne um médico ruim, a aproximação entre um e outro é sempre desejável.

Startups podem, por exemplo, tornar a busca por um médico muito mais simples. E, para relações que já existem, torna a relação muito mais próxima, amigável e benéfica para todos os envolvidos.

  • Personalizadas

Por algum motivo, você busca ou precisa de algo muito específico para a sua saúde – ou para quem te rodeia. Uma especialidade rara, um tipo específico de tratamento e de profissional.

Toda essa pesquisa pode ser feita com a ajuda de uma healthcare. Novos métodos e processos para pacientes também podem ser buscados por médicos, também.

Nosso setor também ajuda: todas as startups versus COVID-19

É claro que, em tempos de pandemia, as healthtechs têm função primordial não só dentre as startups – mas, também em toda a sociedade.

Por envolver todo o planeta, qualquer empresa pode ajudar, de alguma maneira, a comunidade. E a Abstartups, como não poderia deixar de ser, apoia essas medidas.

Não só apoia como, também, divulga. Até porque o mercado das empresas emergentes de tecnologia não está alheio. Muito pelo contrário: já se mexeu para colaborar. 

A Comunidade Governança & Nova Economia (conhecida como Gonew.co) lançou uma campanha para incentivar startups de todos os tamanhos e segmentos para agir. 

Para compartilhar as diversas experiências do mercado, nada melhor do que lançar uma hashtag nas redes sociais. E é exatamente isso que aconteceu.

Empresas, empresários, colaboradores e quem desejar, pode compartilhar uma boa ação de empresas de tecnologia com hashtag a #StartupsVsCovid19 em redes sociais.

E não faltam empresas que buscam formas de colaborar com a sociedade. Mais de quarenta ações já foram contabilizadas e exaltadas.

Mais do que isso: absolutamente qualquer startup que tenha alterado, de alguma maneira, sua dinâmica de trabalho, está apta a fazer a divulgação. 

E, reforçando: não apenas healthcares podem participar. Startups que adotaram o home office para impedir o fluxo de colaboradores e garantir a segurança de todos também estão inclusas na lista.

A iniciativa da Gonew.co merece todo o apoio. E a Abstartups auxilia empresas de tecnologia, também, de outras maneiras.

Como se conectar com essas startups?

Para saber mais de todas as empresas (não apenas as que participam da nossa campanha), você pode (e deve) acessar a StartupBase.

Lá você encontra informações sobre cada uma delas. Localidade, segmento, porte e tudo mais. É excelente para, por exemplo, fazer benchmarking.

Nosso portal também tem diversas pesquisas e muitos conteúdos para você e sua empresa. Quer saber mais sobre as comunidades, inclusive com um mapeamento de cada uma delas? Também temos.

E, claro! Você, que já está no Blog da Abstartups, pode navegar por aqui. Garantimos que vai encontrar muitos textos interessantes, cheios de conteúdo.

Como sabemos, conteúdo e benchmarking é importante, mas não é tudo. Ouvir a voz da experiência também é fundamental.

Por isso, nós oferecemos mentorias para empreendedores. Todos os nomes parceiros são reconhecidos no mercado e trazem uma série de experiências interessantes.

Benchmarking, conhecimento. Experiência. Falta networking? É óbvio que não. Temos dois eventos que trazem tudo isso. E, é claro: trazem a vivência in loco para quem lá estiver.

Tratam-se da Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo (CASE) e o StartupON, que acontece em diversas cidades do país.

Tudo isso é potencializado quando você se associa à Abstartups, com direito a uma série de benefícios mais do que especiais para quem está buscando o sucesso.

Dentre os planos oferecidos, certamente um atenderá as suas expectativas. Seja no valor, seja no que você passa a ter acesso ao se associar. Para ver tudo isso, basta clicar aqui.

O mundo está na luta contra o coronavírus. As startups também estão versus o COVID-19. Tudo vai passar e melhorar. E a Abstartups está ao lado do empreendedor e da sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *