fbpx

O que é People Analytics, benefícios e como aplicar na sua empresa

  • Solides
  • agosto 20, 2021
  • Nenhum comentário

Você sabia que é possível alinhar estatística, análise de dados, inteligência artificial e expertise para tornar a gestão de pessoas da sua empresa muito mais estratégica? Com o People Analytics, o RH consegue embasar a tomada de decisões e realizar uma gestão orientada por dados.

Mas afinal, o que é People Analytics e por que essa ferramenta tem ganhado cada vez mais destaque na área de Recursos Humanos? Neste post, explicamos tudo o que você precisa saber sobre o método para começar a implementá-lo no seu negócio. 

Tem interesse em aprimorar ainda mais os seus conhecimentos sobre o assunto? Então, continue a leitura.

O que é People Analytics?

Trata-se de um método de análise de dados voltado para a gestão de pessoas. O processo consiste na coleta, organização e cruzamento de informações, possibilitando que o setor de Recursos Humanos antecipe tendências e aprimore sua gestão de forma estratégica.

O método garante uma análise mais aprofundada do capital humano e ajuda a direcionar as ações do departamento, melhorando problemas como baixa retenção, queda de produtividade e turnover em contratações recentes.

Ainda, para aplicar o People Analytics, a empresa não precisa, necessariamente, utilizar a inteligência artificial. Contudo, as ferramentas próprias facilitam o processo e tornam a organização e a análise de dados mais simples e intuitiva.

Para que serve o People Analytics?

O People Analytics é uma ferramenta criada para aprimorar a gestão de pessoas durante toda a jornada do colaborador. Assim, ela pode ser usada em diferentes áreas do RH para tornar o setor mais eficiente e embasar a tomada de decisões.

A seguir, listamos algumas funções em que a ferramenta pode ser utilizada.

Gestão de pessoas

A análise de dados permite melhorar alguns aspectos da gestão de pessoas, como a performance do time e o clima organizacional. Além disso, com o método é possível identificar pontos em comum nos profissionais de melhor performance e fatores que contribuem para o desempenho e a produtividade.

Ademais, o People Analytics também pode ser usado em conjunto com as pesquisas de clima, ajudando a mensurar a percepção dos colaboradores sobre o ambiente de trabalho. Dessa forma, o RH consegue encontrar conflitos e criar planos de ação mais efetivos para melhorar o engajamento e a motivação da equipe.

Retenção de talentos

O conhecimento aprofundado dos colaboradores também ajuda a retê-los, minimizando as taxas de turnover e os gastos com novas contratações. Assim, é possível utilizar a análise de dados para entender os principais motivos de desligamento e criar planos de ação para evitá-los.

Recrutamento e seleção

Avaliando seu time atual de colaboradores com base em diferentes variáveis, você pode identificar competências e características importantes para criar um “candidato ideal” e otimizar os processos seletivos.

Dessa forma, o People Analytics possibilita que os processos de recrutamento e seleção sejam mais direcionados e pertinentes, permitindo a criação de filtros que agilizam o tempo do RH.

Treinamento e desenvolvimento de pessoas

Por fim, o People Analytics é uma excelente ferramenta para analisar pontos de melhoria e deficiências no time, permitindo que o RH crie programas de treinamento e desenvolvimento realmente eficientes.

Ainda, com base nas informações levantadas pela ferramenta, o RH pode elaborar cronogramas de treinamento mais efetivos e que supram as demandas de cada equipe, agregando não só em performance, mas também contribuindo para a valorização dos profissionais.

Quais as vantagens do People Analytics? 

A principal vantagem de contar com o People Analytics em sua gestão de pessoas é que você terá dados e informações reais para embasar sua tomada de decisões. Antes da popularização do método, os profissionais de RH guiavam suas ações com base em dois fatores principais: a experiência adquirida e o feeling.

Embora a experiência seja um fator importante, o feeling, no entanto, não tem um embasamento real e pode vir carregado de achismos e preconceitos.

Desse modo, com o People Analytics, o setor consegue alinhar suas experiências com dados e informações, diminuindo as falhas e garantindo maior eficiência. Assim, podemos dizer que a ferramenta traz os seguintes benefícios para a empresa:

  • maior controle na gestão de pessoas;
  • análises com base na realidade interna;
  • otimização dos recursos financeiros;
  • minimização de erros;
  • melhora no rendimento do RH;
  • gestão mais estratégica e embasada.

Como aplicar o People Analytics?

O primeiro passo para aplicar o método é traçar um objetivo. Aqui, é importante entender que o People Analytics é um meio para um fim, ou seja, uma ferramenta que ajuda a solucionar questões e responder perguntas.

Imagine, por exemplo, que você deseja identificar os motivos de gastos excessivos ou entender por que os novos colaboradores estão deixando a empresa após poucos meses de contratação. Nesses casos, a ferramenta permite coletar e cruzar informações para obter as respostas que você procura.

Depois de identificar seus objetivos, você deve coletar os dados que precisa. Nesse caso, eles podem ser obtidos de diferentes formas, como:

Mas procure levantar apenas os dados realmente relevantes para responder suas questões. Entenda que quanto maior o número de dados coletados, mais complexa se tornará essa análise.

Ainda, antes de cruzar as informações, o ideal é definir métricas e indicadores para direcionar sua avaliação. Depois disso, você já pode começar a correlacionar informações e observar quais influências uma variável tem sobre a outra.

Assim, é possível encontrar padrões que se repetem e descobrir, por exemplo, como determinada competência está relacionada ao desempenho de um colaborador ou quais perfis comportamentais se adaptam melhor às posições de liderança.

Como vimos, o People Analytics é uma ferramenta bastante útil para tornar a gestão de pessoas mais estratégica e embasar a tomada de decisões do RH. Para facilitar o processo, vale a pena optar por ferramentas de inteligência artificial, que coletam, organizam e cruzam dados de forma automatizada, fornecendo relatórios completos com todas as métricas necessárias.

Agora que você já sabe o que é People Analytics e como ele pode ser implementado em diferentes funções do RH, baixe o e-book e descubra como a Sólides pode ajudar na aplicação do método.

Este artigo foi escrito pela Sólides, plataforma completa de gestão de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

" });