Só o Pitch Deck não vende seu negócio!

No ecossistema de Startups todos conhecem a palavra PITCH que é usada “a rodo” por investidores e empreendedores. E não é para menos, afinal, fazer um bom pitch é o primeiro passo para quem deseja apresentar seu negócio e conquistar investimento, clientes e parceiros no mercado. O deck de slides é um dos elementos dessa apresentação que precisa ser bem elaborada para auxiliar o empreendedor na hora de vender o que está se propondo. Além disso, o que poucos sabem é que você precisa de um TEASER sobre o seu negócio.

Teaser não é um Deck, é basicamente um resumo em uma página que descreve a oportunidade de negócios para os investidores. Já ouviu falar em ONE-PAGER? É uma página, uma fotografia do “estado da arte” do seu negócio. Ou seja, em uma única página você precisa detalhar tudo o que você está oferecendo:

  • O problema;
  • A solução;
  • O que e como faz;
  • O mercado que atua;
  • Por que você se destaca da concorrência;
  • Seus principais números e indicadores;
  • Time com breve descrição;
  • E apresentar a rodada de investimento.  

Enfim, tudo isso com um design atrativo que chame atenção e estimule o interesse do receptor em conhecer mais sobre o que você acabou de mostrar.

Mas atenção, não confunda! Não é um pitch de venda ou uma projeção financeira – é um sumário que diz aos investidores por que eles devem se preocupar com sua ideia. É uma ferramenta com o intuito de provocar, estimular o interesse que força o investidor a pensar claramente sobre sua ideia e, principalmente, identificar por que ela é diferente. É uma maneira de se comunicar de forma concisa que requer simplicidade e gramática adequadas, portanto, não use bullets points.

Outro ponto importante: não é para substituir uma conversa real com alguém. Ele fornece informações suficientes para torná-lo atraente, sem dar todos os detalhes. O investidor não quer ouvir sobre todos os seus problemas potenciais ou toda a sua trajetória no primeiro contato. Por isso volto a dizer, seja conciso e objetivo quando for selecionar o que entra neste material, pense como sendo um cartão de visita com mais informações e explore isso a seu favor.

Um One-Pager provocador deve dizer: “Ei, sou uma Startup atraente e acredito que você deveria dar uma olhada. Se fizer sentido meu negócio para você, vamos conversar”. Lembre-se que você só tem uma página, uma chance, então você tem que fazer sua ideia se destacar. Mas do que isso, depois de enviado não dá pra voltar atrás e corrigir ou reenviar, já era. E sim, a primeira leitura que fica. Conduza com tudo como se fosse uma verdadeira oportunidade imperdível para quem está lendo.

Os investidores veem centenas de Pitchs todos os dias. Talvez eles se lembrem da essência do que foi dito nas apresentações, talvez não o façam. One-Pagers são formatados para seduzir, informar e captar interesses.  Por isso o design é tão importante também, precisa estar alinhado com o texto.

Veja alguns exemplos abaixo e boa sorte com o desenvolvimento do seu material!

* Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões da ABStartups.

About the Author:

João Kepler Braga
Empreendedor que investe desde 2008; Reconhecido como um dos conferencistas mais sintonizados com Inovação e Convergência Digital do Brasil; Especialista em empreendedorismo, startups, marketing e vendas; Participa em mais de 170 StartUps; Lead Partner da Bossa Nova Investimentos; Premiado como melhor Investidor Anjo do Brasil pelo Startup Awards; Colunista de diversos Portais no Brasil; Palestrante internacional; Escritor e autor.