Raio X : Startups Aceleradas pela Darwin Startups

 

Darwin acaba de se tornar  a 1º aceleradora parceira do StartupBase.

Quer conhecer um pouco sobre suas startups aceleradas? Confere só!

Fundada em 2015, como um braço do fundo de investimentos C Ventures, a Darwin Startups que acumula um histórico de 41 startups aceleradas nesses quase 4 anos de operação e sedes em Florianópolis e São Paulo, acaba de se tornar a primeira aceleradora parceira do StartupBase a incluir seus dados na maior base de dados do ecossistema.

Conheça um pouco mais sobre as startups que já passaram pelo programa de aceleração da Darwin Startups e que agora estão com perfis atualizados em nossa base.

Parceria com o StartupBase

O StartupBase é hoje, o maior banco de dados sobre o ecossistema brasileiro de startups. Conta com mais de 10 mil startups mapeadas e com informações atualizadas em tempo real.

É o melhor lugar para você encontrar dados relevantes da nossa comunidade. Tais como: ranking de cidades e estados com maior concentração de startups, o modelo de negócio mais utilizado pelas startups, em que fase as startups brasileiras se encontram.

Referência para imprensa e para os players do ecossistema, o StartupBase conta com a contribuição da comunidade para imputar seus dados. A Darwin é a primeira aceleradora parceira a incluir todas as suas informações.

O que isso significa?

Que a partir de agora, todas as startups que já passaram pelo processo de aceleração tem seu perfil verificado no banco de dados (o selo de verificada dá validade as informações do perfil e por isso, preferência no resultado de buscas no site) e ganharam o selo da aceleradora.

Perfil das aceleradas Darwin

97,1% das startups aceleradas atendem o público B2B. Portanto, isso significa que a maioria dos  produtos e serviços delas são voltados para atender outras empresas. O que faz sentido, se considerarmos que o modelo de negócio predominante entre as startups é o SaaS (61,7%).

O Mercado B2B tem ganhado bastante força nos últimos anos após a modalidade de SaaS (Software as a Service). O modelo nada mais é do que softwares que não precisam ser baixados para uso, mas sim usados na nuvem. No modelo SaaS, o cliente paga um valor que pode ser mensal, semestral ou anual para utilizar o produto/serviço.

Em relação a fase das startups, dominam os programas de aceleração aquelas que já estão em fase de tração (47,1%). Esse é o momento em que as startups mais precisam de ajuda e o impulso que uma aceleração pode trazer é fundamental para que elas ultrapassem seus objetivos e cresçam. Em seguida, estão as startups em fase de operação (38,2%) e scale-up (11,7%).

Como uma aceleradora catarinense, não é de se estranhar que 70,7% das suas aceleradas são de Santa Catarina. Mas também fizeram parte dos processos, startups de São Paulo (12,1%), Minas Gerais (7,3%) e Rio de Janeiro (4,9%), entre outros estados.

É uma aceleradora? Faça parte também!

Portanto, se você é uma aceleradora, coworking, hub de inovação e quer contribuir com informações sobre o ecossistema de startups, faça parte do StartupBase! Com a sua parceria, conseguimos mapear informações importantes, aumentar o engajamento entre as startups e principalmente ganhar relevância.

Você pode ajudar com nossos Mapeamentos de Comunidades e Verticais, com a Radiografia e com o StartupBase.

Envie um email para [email protected] e informe como você pode colaborar.

 

 

 

 

About the Author:

Ana Flávia Carrilo
Apaixonada por escrita, comunicadora por nascença e formada em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Acredita no acesso a informação como forma de transformação social. Atualmente, faz parte da equipe de comunicação da Associação Brasileira de Startups, ajudando a desenvolver o ecossistema empreendedor brasileiro.