MVP: entenda o que é e como usar na sua startup

A afirmação “é errando que se aprende” encaixa-se perfeitamente no conceito e importância do MVP. Afinal, ele tem por objetivo ajudar a detectar quais são os problemas apresentados por sua solução, identificando os erros que o produto possui, a fim de avaliar as mudanças e melhorias necessárias.

Vector start up success

O MVP é um processo realizado em uma escala limitada, apenas para que seja analisado o desempenho da ideia. Você estará usando, então, o conceito de Lean Startup. Esse método é uma junção da execução com a apuração da qualidade de forma mais direta, “enxugando” tudo que for possível a fim de dar mais foco ao desenvolvimento.

Afinal, o que é MVP?

A sigla MVP significa Minimum Viable Product (Produto Mínimo Viável, em tradução literal). O MVP se refere ao protótipo de um produto, que serve para testar o sucesso da ideia no âmbito prático.

O MVP possui apenas os elementos primordiais para o funcionamento da ideia, sendo executado em um tempo mínimo, máximo desempenho e, claro, com um custo significativamente reduzido.

O que significa Lean Startup?

Lean pode ser interpretado como uma “técnica enxuta”. Esta implica o reconhecimento e corte de gastos desnecessários.

Em tese, todas as técnicas de Lean Startup utilizam a estratégia de exercer a função esperada pontualmente, buscando qualidade de forma rápida e barata.

Sabemos que o conceito de Startup vem de iniciar um projeto com o mínimo de gastos, pois seus recursos iniciais são limitados, na maioria das vezes.

A Lean Startup foca ainda mais no desenvolvimento prático dentro de uma margem de segurança. O MVP entregará para a Startup essas possibilidades no momento de desenvolvimento do produto.

Como começar?

Primeiramente, a proposta de valor produto deve ser definida. Ela deve responder “O que será solucionado pelo produto?”. Depois de respondida essa pergunta, você poderá começar a criar o protótipo de que a Startup precisa.

Você pode utilizar o Canvas MVP para facilitar esse processo. Após preenchido o Canvas MVP, você terá as diretrizes necessárias para iniciar, na prática, a criação do protótipo.

Como ocorre a formulação do protótipo?

Faça uma lista com todos os itens e funcionalidades que você espera do produto final. Em seguida, faça o caminho inverso e retire da lista tudo que for desnecessário para testar o produto.

Lembra quando afirmamos que a frase “é errando que se aprende” descrevia bem sobre o processo de MVP?

Isso ocorre porque a ideia será colocada na prática estando apenas condensada. Depois, as melhorias e mudanças acontecerão de forma gradual. A Startup, dessa forma, aprenderá constantemente quais as melhores práticas e, assim, os recursos não serão desperdiçados.

Lembre-se de que é preciso aplicar os recursos de forma estratégica para que o produto esteja funcional para testes.

Como analisar o desempenho?

É importante contar com uma amostra do seu público para testar o produto: um grupo focal. Os feedbacks serão importantes para que possa validar a ideia e o seu modelo de negócio.

Por meio da experiência dos usuários, você terá mais eficiência ao definir as próximas mudanças que precisarão ser feitas, a fim de que a usabilidade esteja de acordo com o esperado pelo cliente.

É muito incomum uma ideia estar 100% perfeita em sua primeira versão. Então, não se preocupe se tiver que fazer alguns ajustes.

Como definir métricas de desempenho?

Para saber quais os resultados alcançados, as métricas devem ser definidas logo que a ideia estiver em prática. Mesmo que os feedbacks sejam favoráveis, eles não devem ser o único sistema de medida sobre o desempenho.

Descreva quais são os resultados esperados e como pretende alcançá-los. O monitoramento dos resultados por meio das métricas deve ser constante para estabelecer as estratégias.

O conhecimento adquirido durante o processo de MVP é decisivo para a Startup. Alguns erros podem ser suficientes para uma boa ideia fracassar. Muitas vezes, um projeto não vai adiante por falta de cautela no planejamento e desperdício de recursos. Com o MVP, a Startup aprende rapidamente quais são as melhoras práticas a serem realizadas e, com isso, consegue levar o projeto até sua conclusão com sucesso.

Percebeu a importância do MVP? Aproveite para se aperfeiçoar: entenda a importância da modelagem de negócios para Startups. Boa leitura!

By |outubro 6, 2016|Primeiros passos|

About the Author:

ABStartups
A Associação Brasileira de Startups foi fundada para promover e representar as startups brasileiras. Nós trabalhamos para tornar o Brasil uma das cinco maiores potências em inovação e empreendedorismo tecnológico. Tem uma startup e quer fazer parte desse movimento? Associe-se!