Inovação: DNA ou metodologia?

Já não é de hoje que a palavra inovação está presente em qualquer bate papo, artigos e eventos ligados ao empreendedorismo diretamente relacionados ao universo dos novos negócios que não param de surgir em todo o mundo. E não poderia ser diferente, afinal, principalmente nos dias de hoje fazer mais do mesmo ou replicar o que já existe não leva nenhum empreendedor a lugar algum.

Embora o que eu disse acima não seja nenhuma novidade, na hora de inovar muitos empreendedores se perdem tentando implementar tecnologias e serviços que não dominam ou que não se encaixam em seus negócios. Em meio a vontade de fazer algo diferente para alcançar destaque e reconhecimento, muita gente mete os pés pelas mãos esquecendo, inclusive, de fazer o básico bem feito.

Diferente ainda do que muitos pensam, ser inovador ou ter uma mente criativa não depende exclusivamente de um DNA privilegiado. Claro que algumas pessoas têm uma facilidade enorme quando se trata de novas ideias e projetos, mas se você não tem essa facilidade dá para trabalhar algumas técnicas ao seu favor.

Lembre-se que o pensar fora da caixa pode e deve se aplicar no seu dia a dia, em sua rotina e não apenas nos negócios. Muitas pessoas mesmo que de forma involuntária acabam inibindo impulsos criativos ao invés de refletir e tentar tirar do papel uma ideia já se auto boicotam. Antes de dizer que “não vai dar certo” pense em meios de tornar sua ideia real, desistir antes mesmo de tentar é o pior dos erros.

Veja abaixo algumas dicas para você desenvolver seu potencial criativo e pensar os processos e serviços de uma forma inovadora.

Simplicidade: geralmente as ideias mais simples são as mais aplicáveis. Não dê passos maiores que suas pernas! Saber usar os recursos e o dinheiro que você tem com sabedoria é fundamental para o sucesso do seu negócio.

Investimento: busque desenvolver soluções e ferramentas sem realizar altíssimos investimentos ou cobrar muito dos consumidores. Como? Use o máximo da sua expertise e de sua equipe. Veja o que consegue fazer olhando primeiro “para dentro de casa” antes de ir buscar recursos ou profissionais fora.

Preparação: o sucesso só vem com muito estudo. A única maneira de você obter um retorno positivo é com muita dedicação e disciplina, não tem outra forma de fazer com que seu negócio dê certo.  

Curiosidade: me arrisco a dizer que ser curioso é a chave para a inovação. Desenvolver soluções para um negócio é ter a capacidade de estar dentro dele, mas ao mesmo tempo ter uma visão de quem está de fora e que enxerga as necessidades e possibilidades. Essa “ferramenta” é uma das mais baratas e úteis que uma pessoa pode ter.

Experimentação: experimente! Dentro dos seus limites e de forma estruturada e consciente, realize testes, analise resultados e a partir daí trace novos planos. Não fique apenas no achismo, tenha fundamentos como base na hora de agir.

About the Author:

João Kepler Braga
Empreendedor que investe desde 2008; Reconhecido como um dos conferencistas mais sintonizados com Inovação e Convergência Digital do Brasil; Especialista em empreendedorismo, startups, marketing e vendas; Participa em mais de 170 StartUps; Lead Partner da Bossa Nova Investimentos; Premiado como melhor Investidor Anjo do Brasil pelo Startup Awards; Colunista de diversos Portais no Brasil; Palestrante internacional; Escritor e autor.