fbpx

+1 9093183240

contato@abstartups.com.br

Growth hacking + Content marketing: como colocar sua startup no topo?

No começo de uma startup, os desenvolvedores passam por maus bocados. Afinal, têm de enfrentar inúmeros desafios, que nunca parecem acabar. Uma das maiores preocupações será fazer seu empreendimento se destacar no mercado rapidamente.

Afinal, sua empresa ainda é, praticamente, um embrião e ainda necessita mostrar ao mercado a sua capacidade de crescer de forma saudável. É aí que entram dois conceitos essenciais para melhorar o números iniciais de sua empresa: o growth hacking e o content marketing.

Ambos são estratégias utilizadas por todas as empresas, desde um pequeno empreendimento até uma multinacional. No entanto, eles caem como luvas em startups, onde encontram o ambiente ideal em que há pessoas com mentalidade empreendedora e muita disposição para crescer.

Entenda, agora, melhor os conceitos de growth hacking e content marketing e coloque sua startup no topo:

Excited successful business team of diverse multiethnic young people sitting at a table in the office cheering exuberantly as they celebrate a successful outcome on the laptop computer

O que é Growth Hacking?

No modelo do growth hacking, os divulgadores utilizam seus conhecimentos técnicos sobre ferramentas e negócios da internet para iniciar um ciclo de crescimento rápido. Mas como tornar isso possível?

Então, aproveitando os conhecimentos disponíveis a respeito da experiência do seu consumidor e a tendência atual do compartilhamento online, a ideia é viralizar suas campanhas de marketing, criando uma ponte entre seu público-alvo e seus produtos e serviços.

Em que o growth hacking é diferente do marketing tradicional?

O growth hacking é muito mais analítico e criativo. Ele está preparado para imaginar ferramentas que nunca foram utilizadas e pensar em tipos de campanhas que geram espanto no consumidor.

Ele analisa todo o comportamento de seu usuário para utilizar em seu favor, ao invés de utilizar sempre o mais do mesmo proporcionado pelo marketing tradicional.

Ele ensinará a sua empresa a pensar, antes de cada passo, “em que isso vai impactar o crescimento da minha empresa?”. Até mesmo no momento de comprar o papel toalha para secar as mãos, você estará fazendo essa pergunta.

 – VEJA TAMBÉM: E-book Growth Hacking para iniciantes

Mas quais são essas ferramentas?

Aquisições Virais

Trata-se de criar campanhas tão criativas que viralizam na internet, pois são diferentes do que os usuários estão esperando. A Coca-Cola é uma empresa que faz isso constantemente, lançando, por exemplo, campanhas apoiando minorias, que, em um dia, já têm 5 milhões de visualização no YouTube.

Aquisições Pagas

Trata-se de analisar qual é a mídia que tem mais impacto nos seus consumidores e escolher os melhores serviços em mídias sociais e tradicionais, como SEO, SEM, links patrocinados, anúncios na TV e Rádio, marketing de afiliados, etc.

E-mail Marketing

Sabendo que e-mails proporcionam mais conversões que mídias sociais, você deverá criar uma forma de comunicação direta e pessoal com seu cliente, seja enviando promoções e dicas, seja educando-o a respeito de algum aspecto importante para o desenvolvimento dos desafios mais importantes na vida dele.

E como funciona o Content Marketing?

Os usuários atuais são aficionados por conteúdo. Aproveitando essa tendência, foi criada uma abordagem estratégia cujo objetivo é a criação de conteúdos de alto valor para o seu cliente, que tenha realmente um impacto no dia a dia tanto dele quanto dos negócios geridos por ele.

Portanto, visa ao estabelecimento de estratégias altamente segmentada. O marketing de conteúdo aproveita o conceito de mutualismo da biologia em que tanto você se beneficia com a aquisição de um cliente quanto ele, pois irá se beneficiar com suas dicas e seus conteúdos.

São cinco os passos do marketing de conteúdo que garantem seu sucesso:

  • Descoberta do público-alvo bem específico para campanhas bem segmentadas;
  • Planejamento de conteúdos que tenham impacto na sua audiência, tendo em vista o comportamento e as necessidades deles;
  • Utilização do tom de voz e da linguagem adequada para ele;
  • Entendimento dos estágios da jornada do consumidor para controlar melhor o comportamento de seu cliente;
  • Distribuição do conteúdo em plataformas e canais que o atinjam, sempre no momento correto.

Com essas ferramentas, certamente sua empresa terá um sucesso muito rápido. Isso aumentará sua Brand Awareness — que é a capacidade de um cliente em potencial reconhecer a sua marca entre os demais produtos. Assim, você verá! Logo, seus concorrentes estarão temendo você!

Quer saber mais sobre Growth Hacking? Veja o nosso webinar sobre Growth Hacking.

Abstartups

A Associação Brasileira de Startups foi fundada para promover e representar as startups brasileiras. Nós trabalhamos para tornar o Brasil uma das cinco maiores potências em inovação e empreendedorismo tecnológico. Tem uma startup e quer fazer parte desse movimento? Associe-se!

Compartilhe

4 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *