fbpx

Futuros unicórnios? 5 Startups para
ficar de olho em 2021!

Ano novo, futuros unicórnios? Nos últimos anos, nosso ecossistema brasileiro tem conquistado muitos feitos importantes – recordes de investimentos, marco legal das startups, compras e fusões, além claro, da carteira de startups bilionárias, os chamados unicórnios. 

Essas startups de impacto, avaliadas em mais de US$1 bilhão de dólares em valuation, são uma grande aposta para o mercado. Uma, por seu potencial de crescimento, tecnologias e impacto no mercado nacional e além! Unicórnios também chamam a atenção do mercado fora do país, já que grande parte dos aportes vem de grandes fundos internacionais. 

Quer saber quais startups são apostas para futuros unicórnios? Pedimos ao nosso Diretor Executivo, José Muritiba, listar 5 startups para ficar de olho no potencial em 2021! Confira a lista a seguir: 

Neon

Tudo começou quando o fundador da Neon, Pedro Conrade, passou o cartão de um banco em uma loja e, sem saber, fez uma compra que custava R$ 1 a mais do que ele tinha na conta. Isso fez com que ele caísse no cheque especial. Dessa insatisfação, nasceu o Neon, banco digital.

Hoje, a fintech fundada em 2016, está entre as principais do seu segmento no Brasil. No ano passado, o Banco recebeu um aporte de US $300 milhões, em uma rodada  liderada pelo fundo General Atlantic, que já havia participado do investimento de R $400 milhões na empresa em novembro de 2019.

Especialistas do mercado acreditam que a startup já tenha atingido o status de unicórnio, mas oficialmente ainda não foi confirmado. Será em 2021? Vamos acompanhar! 

Olist

Em 2015, quando fundou a olist, a ideia de Tiago Dalvi era encurtar o caminho da digitalização das vendas para o pequeno e médio varejo, em especial nos marketplaces. O modelo atraiu 25 mil clientes e sete rodadas de aportes. A última delas, em dezembro de 2020, de R $310 milhões, liderada pelo Softbank.

Após o aporte, a olist anunciou no fim do ano passado, a compra da PAX. Desde 2019 no mercado, a startup tem um serviço de crowdshipping disponível em 20 capitais, a partir de uma base de 4 mil motoristas autônomos parceiros e já atende clientes como GPA, Via Varejo, Carrefour, Etna e Printi.

Além disso, os planos de expansão da oferta de logística para mais cidades e municípios em todo Brasil, a olist cresce como uma das maiores lojas de departamentos dentro dos marketplaces, e é uma promessa para os próximos anos! 

Resultados Digitais

Criada em 2011, a startup de Santa Catarina nasceu com o propósito de oferecer soluções de automação de marketing digital para pequenas e médias empresas. De lá para cá, a empresa ganhou porte e possui mais de 25 mil clientes em cerca de 20 países, 700 funcionários, alçando a posição de líder desse mercado no Brasil.

Líder no segmento de marketing digital no Brasil, a empresa é hoje controlada por um dos maiores fundos globais focados em tecnologia, o Riverwood. Além disso, notícias recentes trazem informações sobre a disputa entre Tovs e Locaweb para aquisição da startup. 

Será que ele estará entre os futuros unicórnios?

Cortex

Cortex é hoje a plataforma líder de Growth Intelligence do Brasil. Fundada pelos empreendedores Daniel Pires e Leonardo Rangel, conta hoje com escritórios no Rio de Janeiro e São Paulo e atende empresas como Carrefour, Claro, Fiat Chrysler, L’Oreal, Roche, Unilever e Visa.

Além disso, no ano passado, a startup concluiu uma rodada de investimentos de R$170 milhões co-liderada pelos fundos Softbank e Riverwood. Para melhorar sua plataforma de inteligência de dados, ou big data analytics. O investimento série C foi liderado pelo SoftBank e completado pelos fundos Endeavor Catalyst e Redpoint eventures.

Pipefy

Fundada em 2015, a Pipefy é uma startup curitibana que já nasceu com DNA global. Com escritório também no Vale do Silício, nos Estados Unidos, a Pipefy tem crescido mais de 300% ao ano e, atualmente, atende cerca de 15 mil clientes.

Além disso, no ano passado, foi a única startup brasileira destacada no G2’s Summer 2020 Grid, ranking do principal site de avaliação de softwares do mundo, elaborado a partir de avaliações de consumidores, divulgado em julho de 2020. 

A Pipefy já recebeu mais de 60 milhões de dólares em investimentos de fundos como 500 Startups, Redpoint eventures, Valor Capital, Founders Fund, Insight Partners OpenView e Trinity Ventures.  Bem sucedida, mesmo durante a pandemia, a startup promete! 

Agora é a hora de acompanhar os possíveis futuros unicórnios as novidades do ecossistema em 2021. E claro, aguardar por novos potenciais e a recuperação do setor de inovação e a economia brasileira. 

Fique atento as novidades!

Então, quais são as suas apostas de unicórnios para 2021? Conta pra gente! 

Enquanto isso, para mais novidades e tendências do mercado de startups, assine a nossa newsletter. 

Ou seja, toda terça-feira, conteúdos inéditos, curadoria de eventos e benefícios, direto na sua caixa de entrada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *