fbpx

Crédito e startup, será que cola? Saiba como a Desenvolve SP pode financiar projetos inovadores

Financiamento e startups nunca andaram de mãos dadas. Historicamente, o sistema tradicional de crédito foge de  empresas jovens, que ainda buscam consolidar seu modelo de negócio. Do lado das startups, a falta de um histórico empresarial, garantias reais, além da suposta burocracia fazem os jovens empreendedores descartarem o financiamento.

 

No começo, é comum (e esperado) que as startups procurem fontes de recursos alternativas ao empréstimo bancário, como a busca por um investidor. Investidores-anjos, seed capital, venture capital e private equity, por exemplo, são  as quatro modalidades de investimento mais atrativas para fazer a empresa amadurecer sua gestão e ganhar escala.

Agora, se uma startup já está mais robusta, já ganhou escala e seus produtos ou serviços já foram validados no mercado, um financiamento pode se tornar um grande aliado. Ao contrário do que muitos empreendedores pensam, existe uma grande variedade de linhas de crédito voltadas especialmente para atender as necessidades de empresas de base tecnológica e perfil inovador.

Como funcionam as linhas de financiamento para startups

As instituições de fomento, como a Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista, oferecem linhas de financiamento dedicadas exclusivamente à inovação. São condições muito mais atraentes do que as praticadas pelo mercado tradicional de crédito: juros que partem de zero, quando a empresa ou startup paga apenas a correção da inflação (IPCA), e prazos de até 10 anos para pagar, incluso um período de carência de até dois anos.

“Muitos empreendedores ainda desconhecem a abrangência dos itens financiáveis por meio de uma linha de crédito. É possível, por exemplo, pagar a folha salarial de funcionários, comprar tecnologia, contratar serviços de assistência técnica e de consultoria, patentear ou licenciar produtos, e até mesmo realizar treinamentos no país e no exterior, através de cursos e estágios ligados ao projeto de inovação a ser financiado,”  diz Milton Luiz de Melo Santos, presidente da instituição financeira.

Desde 2014, quando começou a oferecer linhas para inovação, a Desenvolve SP já desembolsou mais de R$109milhões em financiamentos para 85 empresas inovadoras ou startups, como a 99Jobs, Zazcar e muitas outras.

Para que eu posso solicitar financiamento?

As startups carregam a inovação em seu DNA e a Desenvolve SP sabe que para que elas continuem se destacando no mercado adotar um planejamento de investimento de longo prazo é fundamental. Se há alguns anos o acesso a opções de financiamentos sustentáveis (com baixas taxas e longos prazos) estava restrito às grandes companhias, hoje a boa notícia é que não importa o tamanho da empresa, todas podem contar com linhas de crédito para continuar inovando e ganhar cada vez mais competitividade no mercado.

Linha Incentivo à Inovação: financia projetos para a melhoria de produtos e a inovação de processos de empresas com faturamento anual de até R$ 90 milhões. Com subsidio do governo paulista, o empreendedor que liquida as parcelas em dias conta com taxa de juro ZERO, pagando apenas o principal do financiamento, atualizado do IPCA.  O prazo do financiamento é de até 10 anos.

Linha Incentivo à Tecnologia: financia projetos de até R$ 30 milhões para o desenvolvimento e a transferência de tecnologia, criação de novos produtos, processos ou serviços, investimentos em infraestrutura, pesquisa e desenvolvimento, que incorporem ganhos tecnológicos ou processos inovadores às empresas. A linha, que atende empresas com faturamento anual de até R$ 300 milhões, conta com taxa de juros a partir de 0,68% ao mês, atualizada pelo IPCA, com prazos de até 10 anos para pagar.

Inovacred: a Desenvolve SP é principal instituição financeira do Estado a repassar recursos do Inovacred, Programa da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), para o financiamento de projetos inovadores voltados à introdução de novos produtos, processos, serviços, marketing, inovação organizacional e aperfeiçoamento de tecnologias existentes. A taxa de juros é a partir de 0,57% ao mês com prazos de até oito anos. Inovacred Expresso: linha de crédito complementar ao Inovacred, financia projetos de inovação, em operações de até R$ 150 mil para empresas com receita bruta anual de até R$ 16 milhões. A taxa é de até 0,80% ao mês e os prazos chegam a quatro anos.

BNDES MPME Inovadora: repassadora de recursos também do BNDES, por essa linha a Desenvolve SP financia Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs) paulistas, com faturamento anual de até R$ 90 milhões, que buscam introduzir novas tecnologias ou processos inovadores na produção ou prestação de serviços. Os juros partem de 0,92% ao mês e o prazo é de até 10 anos para pagamento.

BNDES Exim Pré-embarque Empresa Inovadora: neste caso, financia a exportação de bens e serviços de
tecnologia da informação desenvolvidos no Brasil por MPMEs, indicados na relação de iténs financiáveis aplicável às
linhas de financiamento à exportação do Bndes Exim. A taxa é a partir de 1,18% ao mês com prazos de três anos.

O que sua startup precisa para conseguir financiamento?

Para ter acesso às linhas de crédito oferecidas pela Desenvolve SP, as startups precisam se cadastrar e enviar o
projeto de investimento para análise no próprio site da instituição, o www.desenvolvesp.com.br, no ícone “Solicitações Online”. Todo o processo, do pedido do financiamento à aprovação do crédito, incluindo o envio das documentações necessárias, é feito de forma totalmente digital e transparente, sendo possível acompanhar o status da negociação em tempo real.

Quer conhecer histórias de sucesso de empresas que inovaram com o apoio da Desenvolve SP? Assista a websérie
“Caminhos da Inovação”:www.desenvolvesp.com.br/inovacao

Se está pensando em obter um financiamento, confira as opções de crédito para inovação da instituição:
www.desenvolvesp.com.br/empresas/opcoes-de- credito/para-sua- empresa-inovar/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *