Conheça métricas importantes para startups e como mensurá-las

As métricas estão entre os números mais importantes para empresas de todos os tipos, já que são elas que dizem se ações executadas no negócio estão dando certo, e, mais do que isso, indicam se o caminho que a empresa está seguindo é o mais indicado.

No caso das startups esses números são ainda mais importantes, porque além de garantirem que recursos não serão desperdiçados, estes números futuramente podem ajudar os empreendedores a convencerem investidores que sua startup é uma boa aposta.

Se você se identificou com esse contexto, fique tranquilo, pois neste post nós vamos mostrar a você 4 métricas importantes para startups e como mensurá-las.

conheca-metricas-importantes-para-startups-e-como-mensuralas24225

4 métricas importantes para startups e como mensurá-las

Receita recorrente x Receita total

Normalmente o acompanhamento de algumas métricas serve para mostrar para os investidores que a empresa pode ser rentável enquanto investimento. Neste sentido, normalmente eles tendem a preferir empresas que trabalham com produtos que garantam uma receita recorrente pois com isso a escalabilidade e a rentabilidade da empresa ficam maiores pois há uma possibilidade de previsão de receita. O cálculo é simples: quanto sua empresa gera de receita mensalmente a partir de pagamentos recorrentes e não por compras pontuais.

Taxa de cancelamento ou abandono

Não adianta nada adquirir novos clientes se sua startup não for capaz de mantê-los como clientes ativos em sua base. Para isso existe a taxa de cancelamento, ou abandono. Ela mostra quantos clientes abandonam sua empresa em um período determinado. Através deste número você vai ver se o cancelamento está dentro do esperado ou se sua empresa já está necessitando de mais ações de retenção. O cálculo é bastante simples: basta dividir o número de clientes que abandonaram o contrato em um período pelo total de clientes no mesmo período.

Receita média por cliente

Muitas vezes empreendedores de startups direcionam todos os seus esforços para a taxa de conversão das campanhas de marketing e vendas, e esquecem desta métrica tão importante que funciona próxima da taxa de conversão, que é a receita média por cliente. Como o nome já diz, ela mostra o valor médio de receita gerado por cliente em um período determinado. Essa relação com a taxa de conversão se dá pois em muitos casos é mais simples e barato aumentar o ticket médio de quem já é cliente – e com isso a receita média – do que adquirir novos clientes pagantes. Para calcular divida o total de receita gerado em um período pelo número de clientes ativos no mesmo período.

Usuários ativos

Por fim, um número muito importante que vai mostrar se o seu produto é realmente útil para as pessoas. Como muitas startups são softwares na nuvem (SaaS) ou mesmo aplicativos para celular, sua utilização pelos usuários é fundamental para o sucesso da empresa. Afinal de contas, de nada adianta desenvolver um produto incrível, as pessoas se cadastrarem ou fazerem download, mas ninguém sequer utilizá-lo. Esta métrica portanto mostra o número de usuários ativos no produto. Ou seja, de todos que baixaram um app, por exemplo, quantos efetivamente usam. A métrica pode ser transformada em uma taxa de utilização se for feita a divisão do número de usuários ativos, pelo total de usuários da plataforma.

Ajude também seus amigos empreendedores a adquirirem mais conhecimento, e compartilhe como eles as métricas importantes para startups e como mensurá-las!

About the Author:

ABStartups
A Associação Brasileira de Startups foi fundada para promover e representar as startups brasileiras. Nós trabalhamos para tornar o Brasil uma das cinco maiores potências em inovação e empreendedorismo tecnológico. Tem uma startup e quer fazer parte desse movimento? Associe-se!