Business Model Canvas: aprenda na prática + baixe modelo

 

Está prestes a começar um negócio, mas não sabe nem por onde iniciar? Então este artigo é para você!
Lançamos um novo programa chamado AbsEducação, para ensinar ferramentas e conteúdos que vão te ajudar desde o básico como começar seu negócio, até conteúdos avançados. Nossa trilha de conteúdo já começou com um tema fundamental para qualquer negócio: Business Model Canvas. Para criar seu modelo de negócio, independente de qual segmento for, é preciso entender e desenhar sua  jornada, e o Canvas é a ferramenta ideal para isso.

Quer aprender como? Continue lendo este artigo sobre a aula de Canvas ministrada pelo Alexandre Barros, head de Inovação do Nexus Parque Tecnológico de São José dos Campos.
E se quiser participar ao vivo das próximas aulas do AbsEducação, fica até o final que eu te conto como!

A sua ideia realmente resolve um problema?

Essa é a pergunta que guia Alexandre Barros, Head de Inovação no Nexus Parque Tecnológico de São José dos Campos, ao longo de seu treinamento sobre Business Canvas, promovido pela Abstartups.
Segundo o especialista, as três maiores causas de insucesso das startups (fonte:CB Insights) são:
1 – Falta de necessidade do mercado
2 – Falta de capital para seguir com operação
3 – Falta de alinhamento do time
Uma boa estruturação do business canvas poderia lhe ajudar a se preparar para estes três problemas de forma mais estruturada.
Por que? O Business Canvas parte da proposta de valor para estruturar o seu modelo de negócios.
E o que é o modelo de negócios?  Ele define a forma como você Constrói, Entrega e Captura Valor.
Vamos então para a parte prática do planejamento passando por cada elemento da sua estrutura.
  • O que é um Canvas?

Uma ferramenta de planejamento de modelo de negócios que facilita a visualização das conexões entre as diferentes propostas e partes envolvidas (stakeholders). É um recurso ideal para compartilhar sua proposta de valor e trabalhar ideias no desenho de um negócio.
Conforme o livro “Business Model Canvas” de Alexander Osterwalder (2010) uma estrutura padrão de Canvas consiste em:
O conceito principal é reunir todos os stakeholders em uma mesma estrutura visual, que facilite sua compreensão das etapas do produto.
Ale Barros recomenda que, ao contrário das concepções convencionais, não se “leia” o Canvas da direita para esquerda ou vice-versa mas sim iniciando pelo centro. A Proposta de Valor.
Por que? Te respondo com uma pergunta: A sua ideia realmente resolve um problema?
  • E como saber se ela atende uma necessidade do Cliente?
Nas palavras de Dave McClure (500 Startups) “Clientes não se importam com a sua solução, eles se importam com o problema deles” (Tradução livre).
Ou seja, você precisa resolver um problema e, mais que isso, ser um problema real do cliente. Afinal, “Startup sem cliente é um hobby“, afirma Barros.
Mas encontrar o valor para o cliente não é tão simples e existe um complemento só para essa reflexão, é o Canvas da Proposta de Valor.
Observe, a estrutura é simples e possui três direcionamentos do ponto de vista do cliente:
  • Tarefas: Quais são as tarefas sociais, emocionais e funcionais que seu cliente precisa resolver?
  • Ganhos: são os benefícios gerado para os clientes a partir da sua solução.
  • Perdas: são custos ou dores que eles sofrem, situações indesejadas
Sua proposta de valor deve, no cenário ideal, atender estes três apontamentos.
  • Produtos e serviços: São as funcionalidades que seu produto entrega para resolver tarefas do cliente..
  • Criadores de ganho: São os ganhos que o cliente deseja. Como você se diferencia da concorrência e gera valor para o cliente?
  • Analgésicos: São as soluções para as perdas do cliente.
Até o momento verificamos apenas dois elementos da estrutura do Canvas mas são o coração do seu planejamento.
Resumindo então:
  • Proposta de valor é o que você faz para o cliente escolher o seu produto e não outro e é o conjunto de benefícios que entregam valor para o cliente.
  • Relacionamento: A forma como você se relaciona com cada cliente. Nas palavras de Barros, são o EMOCIONAL da empresa. O que cativa o seu cliente na forma como você entrega sua proposta de valor para ele? O famoso atendimento ao cliente.
  • Canais: Meios com que a proposta de valor é comunicada. Como seu negócio MOSTRA para o cliente o presente que você possui e como o negócio ENTREGA o presente. Isso envolve mídias, promoção, divulgação, logística, entre outros.
  • Fontes de receita: Último elemento do lado “direito” do Canvas, define como cada setor gera VALOR para o negócio. Cabe a ressalva de que alguns setores podem não gerar dinheiro, diretamente, mas são o coração do negócio.
Note, até aqui, todos os elementos se referem a como o negócio se relaciona com partes externas à startup, o que aparece sobre o negócio para quem está vendo de fora.
Quando falamos dos aspectos “internos” do Canvas, ou seja, os elementos que dizem respeito à operação e dinâmica interna do negócio, temos:
  • Recursos Chave: Bens essenciais (materiais ou intelectuais, psicológicos, etc) que são fundamentais para o seu negócio. Exemplo: Site sem estrutura de hospedagem e servidores ou logística sem canal entregador, simplesmente inviabilizariam a existência da startup.
  • Atividades Chave: O que você PRECISA fazer para que seu negócio consiga operar. Se for um canal de conteúdo, você precisa produzir conteúdo, escrever, gravar vídeo, gravar áudio, selecionar notícias.
  • Parceiros Chave: São stakeholders, partes interessadas, externas que de alguma forma são essenciais para seu negócio e viabilizam que você foque no seu negócio. Numa startup um parceiro chave pode ser um investidor, que viabiliza financeiramente que você foque no seu negócio para executá-lo. Se sua startup é um e commerce, você talvez não possua estrutura logística para entregar todos os pedidos e não é o seu core business, então terá parceiros externos que realizem o serviço e viabilizam que seu produto chegue até o cliente final.
  • Custo: Toda estrutura de recursos, atividades ou parcerias lhe gera custos. Qual é a estrutura de custos do seu negócio? Qual montante você necessita periodicamente (normalmente um mês) apenas para que a operação aconteça?

Dicas para colocar em prática: 

Ale Barros ainda traz dicas práticas para aplicar o Canvas:
  • Use post-its para cada etapa;
  • Não escreva muito, seja sucinto;
  • Use palavras chaves; e
  • Use diferentes cores.
São muitos elementos e a dica é: Comece.
Coloque este conhecimento em prática e crie o seu modelo de negócios. Não se esqueça que nada colocado ali é uma lei universal, você precisa estar disposto a mudar.

O Guia Prático de Business Model Canvas

Sim, é isso mesmo! Nós preparamos um guia prático para te ajudar ainda mais nessa jornada de montar seu Business Canvas.  Você pode baixar aqui o material, e acompanhar passo a passo cada um dos nove blocos da ferramenta e como desenvolver cada um deles.

Resumindo:

Iniciamos mencionando as maiores causas de insucesso de startups. O Canvas propõe criar um modelo de negócios a partir da proposta de valor, atender o seu cliente e organizar sua estrutura baseado em elementos chave. Entenda a necessidade do CLIENTE, proponha uma solução para o PROBLEMA dele, crie valor para ele, comunique, entregue e capture sua parcela nesta troca.

Para entender melhor, assista a aula do Alê Barros:

E seguir algumas recomendações de leitura: 

  • Business model you – Alex Osterwalder e Yves Pigneur
  • Design Thinking: methodology book – Emrah Yayici
  • Unlocking the customer value chain – Thales Teixeira
  • Project model canvas – Jose Finocchio Jr.
  • Value proposition design – Alex Osterwalder, Greg Bernarda e Yves Pigneur
  • Business model generation – Alex Osterwalder e Yves Pigneur

 

Como participar do AbsEducação?

Gostou da aula e quer participar dos próximos conteúdos ao vivo?

O AbsEducação é um programa de ensino desenvolvido pela Abstartups para líderes de comunidades e startups associadas. As aulas acontecem uma vez por semana (todas as terças-feiras) em turmas de até 30 pessoas. A cada semana, trazemos uma nova ferramenta e um especialista no tema para compartilhar dicas e melhores práticas, seguindo uma jornada de aprendizados para desenvolver o seu negócio.

Se você ainda não é associado Abstartups, essa é a hora! O programa é disponível inclusive para nosso plano Start que é gratuito. Então faça sua associação aqui e receba o convite para as aulas.

Se você já é associado, aproveite mais essa oportunidade! Qualquer dúvida, fale com nosso time no [email protected] 

 

About the Author:

ABStartups
A Associação Brasileira de Startups foi fundada para promover e representar as startups brasileiras. Nós trabalhamos para tornar o Brasil uma das cinco maiores potências em inovação e empreendedorismo tecnológico. Tem uma startup e quer fazer parte desse movimento? Associe-se!