fbpx

“A ABStartups nasceu para contribuir com as empresas e colocar o país no patamar de importantes pólos mundiais de startups”

“Comecei uma empresa com 19 anos na faculdade, um período em que o termo startup não era conhecido no Brasil”. É assim que o ex-presidente, um dos fundadores da ABStartups e agora CEO da SambaTech, Gustavo Caetano, começa a explicar sua trajetória no empreendedorismo digital. “Tenho sempre trabalhado para levantar a bandeira do empreendedorismo. De lá pra cá muita coisa mudou. Hoje vemos cada vez mais jovens com cabeça de empresários, a mídia tem nos dado cada vez mais espaço, o governo começou a apoiar com programas como o SEED e Venture Capital’s começaram a vir para o Brasil e abrir escritórios para designar fundos de investimento”.

 

O cenário que ele descreve é a ascensão das startups que em menos de 10 anos se tornaram protagonistas globais e estão ganhando o mundo inteiro. Mesmo sem saber a maioria das pessoas já ouviu falar de uma startup, ou vai dizer que você nunca ouviu falar de Facebook, Google ou Yahoo? Até startups brasileiras já estão ganhando o mundo agora, como a Moip, a Conta Azul, a HotMart e a própria SambaTech, fundada por Gustavo Caetano.

Mas vamos voltar um pouco. Uma vez dentro do universo do empreendedorismo, Gustavo percebeu uma coisa: o ecossistema de startups no Brasil não era fácil. Essa foi uma das motivações que fez com que ele  junto com outros empreendedores fundasse a ABStartups em 2011. Unir pessoas para fortalecer esse mercado foi o que me motivou. Ao caminhar juntos, temos mais força e representatividade no cenário nacional e global. O grande objetivo da Associação é estar mais próximo, ser a voz das startups e dos empreendedores”, relembra Gustavo Caetano, fundador da ABStartups.

Por que apoiar startups?

Era claro que as startups na época precisavam de apoio e representatividade, afinal juntos sempre podemos mais. Mas apoiar o ecossistema de startups era importante também por outro motivo. “Hoje, as startups tem um papel importante na vida das pessoas. Muitas ideias que se tornaram um negócio foram capazes de criar novos hábitos, promover melhorias e transformações na sociedade. Basta ver exemplos como Uber e Waze”, explica Gustavo Caetano.

Inovação, concorrência, foco no usuário. As startups trazem um arcabouço de novas tecnologias capazes de driblar crises, explorar demandas e otimizar recursos que são fundamentais para  o desenvolvimento da economia.

A ABStartups nasceu como uma startup e como toda elas mudou ao longo dos anos se adaptando e evoluindo, mas sempre com um propósito firme, apoiar e desenvolver o ecossistema. “A associação virou algo muito maior do que a gente imaginou e acho que meu papel foi de iniciar esse processo. Como em todo negócio que cresce, as transformações e aprendizados são constantes, assim como os desafios. Durante os 5 anos de existência da Associação, construímos uma reputação que hoje é referência para qualquer empreendedor, aprimoramos processos e ampliamos a atuação”, ressalta Gustavo Caetano.

Se reinventar é em parte achar novas maneiras de apoiar os empreendedores. Por isso, a ABStartups passou a investir cada vez mais em eventos e promover o networking. Para criar e fortalecer um ecossistema é necessário fazer conexões “A ABStartups se mostra importante ao trabalhar como um agregador para o nosso ecossistema. Une empresas, pessoas e interesses em busca de melhorias e valorização. Os eventos são um momento importante na aproximação das pessoas. É a hora em que é possível apertar mãos, trocar cartões e fortalecer o networking. Ao reunir Startups, é possível estimular uma troca rica de experiências e levar conteúdo diferenciado ao dia a dia dessas empresas.”

Quer saber quais os próximos passos da ABStartups? Continue acompanhando o blog durante nosso mês de aniversário!

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

});