Como transformar seu Business Model Canvas em uma história!

A capacidade de comunicar claramente suas idéias e visão é crucial em uma startup. Por isso, você precisa de uma história convincente para animar sua equipe, gerentes ou investidores a te ajudarem a transformar uma ideia em realidade.

Quer uma boa dica do que pode te ajudar? Use seu Business Model Canvas!

Mais do que uma ferramenta para montar seu modelo de negócio, o Canvas pode ser uma alternativa para você apresentar suas ideias com mais clareza. Ainda mais quando grandes empresas como a MasterCard já adotaram essa linguagem organizada em partes importantes da sua empresa para contar uma história e criar valor.

Então veja aqui algumas dicas de como criar uma história através do seu modelo de negócio:

1. Não seja maçante!

Um erro muito comum ao querer apresentar seu Business Model Canvas (veja alguns exemplos) é cansar o público ao tentar explicá-lo de uma só vez. Porque? Isso deixa a apresentação maçante e costuma não funcionar. Ao invés disso, revele seus Canvas aos poucos e utilize uma nota de cada vez apenas como um recurso para comunicar sua ideia passo a passo.

2. Qual é a essência da sua história?

Não fique tentado a explicar todos os detalhes do seu modelo de negócios. O mais importante é que as pessoas obtenham a essência do seu modelo. Concentre-se nos elementos críticos e deixe de lado os detalhes. Por que o seu modelo de negócios é diferente? No que você se sobressai? Por que você vai ter sucesso onde outras pessoas não conseguiram? Afinal, você pode sempre complementar com mais detalhes em um documento depois, se necessário.

3. Como as peças reforçam o todo?

Os nove blocos de construção do Canvas foram projetados para visualizar como todas as peças do seu modelo de negócio se encaixam e se reforçam mutuamente. Evite “preencher” cada bloco um após o outro, como se estivesse passando por uma lista de verificação.

Em vez disso, crie um tópico para sua história e conduza seu público por meio dela. Mostre quais clientes você está segmentando. Explique qual proposta de valor eles desejarão de você. Por exemplo, descreva por que eles pagarão você e por meio de quais fluxos de receita. Esclareça quais recursos e atividades são necessários para criar e entregar sua proposta de valor.

Conecte suas notas na ordem que logicamente faz sentido contar sua história. E se você fizer isso bem, você nunca terá um “elemento órfão” que não se conecte a outro bloco de construção de modelo de negócio (por exemplo, um fluxo de receita sem um cliente que está pagando por uma proposta de valor).

4. Use o código de cores para explicar a mecânica do seu modelo.

Essa é uma técnica poderosa para destacar visualmente como os elementos de seu modelo de negócios estão conectados. Ele ajuda seu público a entender o funcionamento interno de seu modelo de negócios em um instante. Por exemplo, use a mesma cor para todos os canais, fluxos de receita e recursos relacionados a um segmento de cliente específico. Use outra cor para os elementos relacionados a outro segmento.

5. Forneça provas.

Reforce sua história dizendo ao público o que você tentou, o que funcionou e o que não funcionou. Forneça dados concretos que suportem a sua ideia de modelo de negócio!

Então, preparado para arrasar com seu Business Model Canvas? Caso ainda não tenha o seu, não se preocupe! Nós preparamos um material explicando para você passo a passo como montar. Leia mais aqui

 

By |fevereiro 14, 2019|Primeiros passos|

About the Author:

ABStartups
A Associação Brasileira de Startups foi fundada para promover e representar as startups brasileiras. Nós trabalhamos para tornar o Brasil uma das cinco maiores potências em inovação e empreendedorismo tecnológico. Tem uma startup e quer fazer parte desse movimento? Associe-se!